FEAP-RJ divulga moção de repúdio contra redução de vagas de Aprendizagem
Documento ressalta, dentre outros prejuízos, os reflexos que a redução pode causar na educação

Por Luan Costa

O Fórum Estadual da Aprendizagem Profissional do Rio de Janeiro – FEAP-RJ – encaminhou para autoridades competentes uma Moção de Repúdio quanto à proposta de revisão da CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) no que se refere aos cargos que demandem formação profissional. Essa revisão poderá acarretar uma significativa redução nas vagas de aprendizagem em todo o país.

A redução no número de aprendizes terá impactos extremamente prejudiciais na área de educação, pois a Aprendizagem se reafirma, também como instrumento capaz de prevenir e combater a evasão escolar, quando prevê como condicionante a inserção e permanência do jovem no trabalho, a matrícula e assiduidade na escola. A aprendizagem também é importante instrumento de prevenção e erradicação ao trabalho infantil, uma vez que garante aos adolescentes e jovens, maioria dos contratados nessa categoria, trabalho protegido, com qualificação profissional, acompanhamento por equipes interdisciplinares, com apoios pedagógicos, psicológicos e sociais, além da jornada reduzida de trabalho”, destaca o FEAP.

Para acessar o documento na íntegra, clique aqui.